Equipe da Sedi participa da Semana de Formação Continuada das Escolas do Futuro

560 pessoas, entre gestores e professores, compareceram ao evento, que tem o propósito de alinhar os objetivos das unidades para 2023. Este ano, o lema é “Future-se: pessoas, paixão, projetos e ação”

O secretário estadual de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira, participou, nesta quarta-feira (18/1), da Semana de Formação Continuada das Escolas do Futuro de Goiás (EFGs). O evento ocorreu na unidade Luiz Rassi, em Aparecida de Goiânia, mas congregou gestores, professores e servidores também das EFGs José Luiz Bittencourt, localizada no bairro Floresta, na capital; e Sarah Kubitschek, de Santo Antônio do Descoberto.

“O espírito das Escolas do Futuro é o de revolucionar o Estado, torná-lo mais digital e, ainda, preencher os ‘gaps’ (vãos) que existem entre vagas de tecnologia disponíveis, que são muito bem remuneradas, e falta de profissionais no mercado”, ressaltou o titular da Sedi. “Temos que ter claro que nosso objetivo final é conseguir empregar os alunos que sairão daqui e, para isso, cada um tem que executar seu papel com excelência”.

A subsecretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Sheila Pires, corroborou a fala de Marcio Cesar, ao mencionar que o propósito das unidades é gerar riqueza para o cidadão goiano. “As profissões do futuro são essas que já moldam o mundo e a economia atual”, sublinhou, ao destacar que o plano de governo para os próximos quatro anos quer consolidar Goiás como referência em inovação. “Nosso papel é gerar conhecimento nesse local de criatividade, que tem uma infraestrutura de ponta”, continuou.

O superintendente de Capacitação e Formação Tecnológica, José Teodoro Coelho, lembrou que, enquanto política pública, as EFGs surgiram depois de convênio firmado entre a Sedi e a Universidade Federal de Goiás (UFG), e que o acordo tem como interveniente a Fundação de Apoio à Pesquisa (Funape), responsável pela gestão administrativa e financeira das escolas. E acrescentou: “Além dos cursos, trabalhamos também com o fomento e a articulação dos ambientes de inovação com o setor produtivo”.

Semana
A primeira formação continuada de gestores e professores das EFGs em 2023 reuniu cerca de 560 pessoas, de segunda (15/1) à quinta-feira (19/1). As gerentes da Sedi Mychelly Ferreira (Gestão das Escolas do Futuro) e Aiane Vieira (Educação Superior, Profissional e Tecnológica) também participaram do evento.

Pela UFG, a diretora de Desenvolvimento e Avaliação do Centro de Educação, Trabalho e Tecnologia (CETT), Alethéia Ferreira da Cruz falou sobre o lema das EFGs para este ano: “Future-se: pessoas, paixão, projetos e ação”. “Entendemos que, para formar cidadãos para esse mercado de tecnologia e para que tenhamos uma escola nova, disruptiva e empreendedora, são necessários os quatro pilares do lema”.

Foto: Sedi

Legenda
Secretário Marcio Cesar Pereira fala durante Semana da Formação Continuada das Escolas do Futuro

Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação - Governo de Goiás