Em apoio à exportação, Governo de Goiás abre edital do programa Inova Export.

Serão selecionadas 40 empresas que participarão de um programa gratuito de qualificação para exportação

Pequenas e médias empresas goianas, consideradas inovadoras e que estão de olho no mercado internacional, têm acesso a um programa inédito e gratuito de capacitação para exportação. Trata-se do Inova Export - Internacionalização de empreendimentos inovadores, criado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas. O Edital de inscrição e seleção das empresas pode ser acessado a partir desta sexta-feira (14/01), no site inovaexport.go.gov.br e ou desenvolvimento.go.gov.br, as inscrições vão até o dia 15 de fevereiro.

O secretário de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira, destaca que a inovação é algo fundamental para as empresas e para a economia. “Diante do cenário de desafios e incertezas no qual vivemos, as inovações, assim como o uso de tecnologias, se fazem necessárias não só para aumentar a competitividade empresarial no mercado externo, como também para garantir a saúde econômica do país”, explica o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira.

O processo seletivo do projeto INOVA EXPORT é composto por três etapas distintas e eliminatórias. A primeira, é a homologação das inscrições (etapa eliminatória). A segunda etapa é a primeira fase de seleção das empresas que consiste em: resposta ao questionário (etapa eliminatória); a participação em evento de capacitação (etapa classificatória); e análise de projeto de empreendimento para internacionalização e experiência profissional (etapa eliminatória e classificatória). A terceira etapa, é a segunda fase de seleção:  participação na jornada de gamificação (etapa classificatória); e a análise de estratégia de inserção internacional (etapa classificatória).

Etapas

Neste primeiro momento, poderão ser selecionadas até 40 empresas, que participarão de um programa de qualificação empreendedora focado no mapeamento de potenciais mercados externos (primeira fase). Desse total, 20 empresas serão selecionadas para integrarem o programa de incubação. Nesta fase, as empresas passarão por análises e aperfeiçoamentos para a elaboração e implementação de ações de inteligência comercial, planos de melhorias de processos e produtos que estimulem a internacionalização e a exportação, bem como preparação e mentorias especializadas em negociações internacionais.

As empresas que concluírem a segunda fase serão elegíveis a integrar as rodadas e missões internacionais para difusão de produtos goianos no mercado externo, a serem coordenadas e operacionalizadas pela SEDI.

As ações de inteligência comercial e os planos de melhorias de processos e produtos serão elaborados e executados por docentes e técnicos da UFG e especialistas contratados, com apoio e comprometimento da empresa, em um processo de incubação de empreendimentos que ofertará a execução de serviços e capacitações às empresas selecionadas

O programa Inova Export

O Inova Export visa a elaboração de um modelo de inteligência comercial e incubação de empreendimentos inovadores com potencial exportador. A ideia é gerar novas tecnologias (ou aperfeiçoamento) e transferência do conhecimento para um conjunto de empresas. Esse apoio técnico-científico permitirá adequar os produtos/serviços dessas empresas para atingir o mercado internacional.

Como funciona

Com a intenção de unir inovação, tecnologia e comércio exterior, o Inova Export não tem a pretensão de alterar, em curto espaço de tempo, a pauta exportadora goiana, mas sim criar uma política pública voltada para internacionalização de empreendimentos de base tecnológica. A ideia é agregar inovação e tecnologia de modo a alcançar resultados positivos em médio e longo prazo.

O programa será desenvolvido em nove fases: (1) sensibilização e matriz de mercado; (2) seleção das empresas; (3) diagnóstico; (4) inteligência comercial; (5) estratégias e planos; (6) implantação, avaliação e melhorias; (7) registro, patentes e trâmites de exportação; (8) networking internacional; e (9) preparação para comercialização por meio de rodadas de negócios e missões comerciais internacionais.

De início, ao menos 200 empresas goianas consideradas inovadoras e com potencial para exportação serão sensibilizadas a participarem do Inova Export. Elas serão atendidas com incrementos de inovação para internacionalização por meio da matriz de mercado. Estão previstas 120 horas gratuitas de capacitação.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.