Estado e prefeitura discutem modelo de atração de investimentos de empresas de base tecnológica para Goiânia

Financiamento subsidiado, atração de fundos de investimentos e incentivos fiscais são temas discutidos pelos técnicos

Alinhar ações para a atração de investimentos e empresas de base tecnológica para Goiânia foi o tema central de reunião realizada entre equipes da área internacional do Governo de Goiás e da Prefeitura Municipal de Goiânia. O encontro foi realizado de forma híbrida, remota e presencial, na manhã desta quarta-feira (17), na sala de videoconferência da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi).

O superintendente de Negócios Internacionais da Sedi, Edival Lourenço de Oliveira Junior, explica que a Sedi tem feito um trabalho permanente de mapeamento sobre as potencialidades e ações de fomento. Essas informações são utilizadas para subsidiar a política de atração de investimentos de base tecnológica.

Durante a reunião, o foco foi levantar e discutir ações que podem auxiliar a atração de empresas voltadas para a inovação e tecnologia para a capital. Exemplos são o financiamento subsidiado, atração de fundos de investimentos, incentivos fiscais, e ainda a realização do mapeamento geográfico das regiões de Goiânia onde podem se instalar centros de inovação e polos de tecnologia, entre outros.

Edival ressalta que a prefeitura tem um plano de revitalização da região central, com a valorização da arquitetura Art déco, e a possibilidade de áreas próximas às universidades, que são ideais para a instalação de setores de tecnologia exponencial.

Participaram da reunião o assessor Internacional da Governadoria, Giordano Souza, o superintendente de Atração de Investimentos da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), Plinio Viana. Da equipe da Prefeitura de Goiânia, Ariel Silveira, secretário-executivo da Secretaria Municipal de Relações Institucionais, Israel Braga, diretor de Planejamento Estratégico,Tiago Zancope, gerente de Projeto, Pesquisa e Orientação voltada ao Desenvolvimento, Átila Marques da gerência de Fomento e Apoio do Empreendedorismo e Marcelo Mariano, assessor de Relações Internacionais.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.